O conceito de gramática no percurso da gramaticografia brasileira do século XX

Ricardo Cavaliere

Resumen


Este trabalho busca traçar juízo sobre a mudança do conceito de gramática no Brasil ao longo do século XX, bem como comentar os motivos e implicações atinentes a esse tema. Faz-se referência ao papel teleológico do texto gramatical, à natureza do corpus de abonação e aos limites que se impõem à tarefa de descrever as regras do sistema linguístico em face de outros fatores, tais como as variantes de uso e estilo.


Palabras clave


gramatização; século XX; Brasil

Texto completo:

PDF

Referencias


1. Ali, Manuel Said. 1922(?). Grammatica secundaria. Rio de Janeiro: Editora Melhoramentos.

2. Azeredo, José Carlos de. 2008. Gramática Houaiss da língua portuguesa. São Paulo: Instituto Houaiss/Publifolha.

3. Bechara, Evanildo. 1999. Moderna gramática portuguesa. 37 ed. revista e ampliada. Rio de Janeiro: Editora Lucerna.

4. Bechara, Evanildo. 1961. Moderna gramática portuguesa. Rio de Janeiro: Companhia Editora Nacional.

5. Bueno, Francisco da Silveira. 1944. Gramática normativa da língua portuguesa: curso superior. São Paulo: Editora Saraiva.

6. Camara Jr., Joaquim Mattoso. 1941. Princípios de lingüística geral como fundamento para os estudos superiores da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Briguiet.

7. Cunha, Celso Ferreira da e Luís Lindley Cintra. 1985. NovaGramática do português contemporâneo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

8. Cunha, Celso Ferreira da. 1970. Gramática do português contemporâneo. Belo Horizonte: Editora Bernardo Álvares S.A.

9. Gomes, Alfredo. Grammatica portugueza. [1887] 181920. Rio de Janeiro: Francisco Alves.

10. Lima, Carlos Henrique da Rocha. [1957] 2010. Gramática normativa da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Editora José Olympio Editora.

11. Luft, Celso Pedro. 1976. Moderna gramática brasileira. Porto Alegre: Editora Globo.

12. Macedo, Walmirio. 1991. Gramática da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Presença.

13. Maciel, Maximino. [1894] 81922. Grammatica descriptiva. Rio de Janeiro: Francisco Alves & Cia.

14. Melo, Gladstone Chaves de. [1968] 21970. Gramática fundamental da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica.

15. Nascentes, Antenor. [1926/1927/1928] 31960. O idioma nacional. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica.

16. Neves, Maria Helena de Moura. 2000. Gramática de usos do português. São Paulo: Editora Unesp,

17. Pereira, Eduardo Carlos. [1907] 81918. Grammatica expositiva. São Paulo: Weiszflog Irmãos.

18. Perini, Mário A. [1976] 21985. A gramática gerativa; introdução ao estudo da sintaxe portuguesa. Belo Horizonte: Editora Vigília.

19. Perini, Mário A. 1995. Gramática descritiva do português. São Paulo: Editora Ática.

20. Ribeiro, Julio. [1881] 101911. Grammatica portugueza. São Paulo: Livraria Francisco Alves e C.

21. Ribeiro, Manoel Pinto. 1976. Gramática aplicada da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Metáfora Editora.






Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.


RAHL - Revista argentina de historiografía lingüística - ISSN 1852-1495

www.rahl.com.ar - info@rahl.com.ar